Webhelp abre dois novos escritórios em Portugal e cria 500 novos postos de trabalho

Multinacional francesa emprega atualmente 2.000 pessoas e já investiu mais de 8 milhões de euros desde que se instalou em Portugal em 2015. Em 2021 a empresa passa a contar com quatro escritórios em solo nacional.

Lisboa, 14 dezembro 2020 – O Grupo Webhelp acaba de anunciar a abertura de dois novos escritórios em Portugal, nomeadamente nas cidades de Lisboa e Braga, e que vão resultam na criação líquida de 500 novos postos de trabalho, cerca de 300 para o novo espaço de Braga e os restantes 200 para Lisboa.

Com a abertura destas duas novas localizações a Webhelp Portugal passa a contabilizar um total de quatro escritórios, distribuídos pelas cidades de Lisboa, Braga e Oeiras, empregando atualmente um total de 2.000 colaboradores, um número que se prevê que ultrapasse os 3.000 no território nacional nos próximos três anos.

Para Carlos Moreira, CEO da Webhelp Portugal, a criação destes dois novos escritórios é sinónimo da confiança que o Grupo francês tem no mercado português: “Portugal é um dos melhores destinos a nível mundial para instalar hubs multilíngues. A qualidade dos nossos recursos humanos e processos de trabalho, aliados a uma excelente infraestrutura tecnológica, permite-nos atrair cada vez mais clientes”, explica o responsável da empresa em Portugal.

Desde que se instalou em Portugal no ano de 2015, a Webhelp já investiu mais de 8 milhões de euros em infraestruturas no país, sobretudo através das localizações de Lisboa e Braga.

Em Lisboa, a multinacional visa expandir as suas operações, assim como melhorar a qualidade do espaço de trabalho para os seus colaboradores, saindo do seu atual escritório para o edifício AGEAS, onde irá ocupar a totalidade dos 6.700m2 de superfície dedicada e mantendo-se, desta forma, no Parque das Nações.

No caso concreto da Webhelp em Braga, a cidade continua a representar uma forte aposta para a empresa onde atualmente tem mais de 500 colaboradores e foi considerada um dos melhores locais para trabalhar em Portugal pela Great Place To Work nos últimos dois anos. Para além disso, é um dos escritórios oficiais do The Nest, criado propositadamente pelo Grupo Webhelp para dar apoio às Startups.

Apesar de um ano tão atípico como tem sido este de 2020, fomos capazes de ter um grande crescimento de atividade e estamos muito confiantes para o próximo ano. Este investimento que fazemos vem reforçar isso mesmo. Portugal é um mercado muito importante no universo da Webhelp, líder europeu deste sector, e pretendemos continuar a reforçar a nossa presença”, afirma Carlos Moreira.

Para Vincent Bernard, Group Managing Director Operations, CEO Southern Europe & Middle East Africa: “A abertura destes novos sites em Lisboa e Braga mostra o crescimento forte e sustentado da Webhelp em Portugal. Isso deve-se à excelente capacidade de recrutamento, com pessoas talentosas, de formação sólida e boa experiência profissional. O desenvolvimento destes hubs multilingues permite ao nosso Grupo aumentar a sua capacidade de produção em Portugal para responder às necessidades dos nossos clientes internacionais. É um ótimo símbolo da escolha bem-sucedida de Portugal e a tradução operacional perfeita do apoio que sempre temos recebido por parte das diferentes autoridades e instituições Portuguesas para ajudar ao nosso desenvolvimento.”

Com 40 projetos/clientes de diferentes setor de atividade, desde a aviação, turismo e lazer, bens de consumo, setor automóvel e financeiro, entre outros, a Webhelp Portugal teve um volume de receitas de 40 milhões de euros em 2019. Com colaboradores de 53 nacionalidades diferentes, a Webhelp Portugal é uma empresa multicultural onde se falam 12 línguas.


Frost & Sullivan reconhece Webhelp como um dos principais líderes em inovação e crescimento no seu 2020 Frost Radar™

A global e reputada empresa de investigação e consultoria Frost & Sullivan atribuiu à Webhelp um lugar de topo no seu 2020 Frost Radar™– CX Outsourcing.

A Webhelp está posicionada como líder tanto no crescimento como em inovação, recebendo o reconhecimento pela sua vasta gama de soluções verticais e, acima de tudo, pelos seus serviços de transformação digital eficazes e soluções tecnológicas que estimulam a inovação dos clientes, juntamente com o seu negócio de consultoria, a Gobeyond Partners.

Deepali Sathe, Analista Sénior da Indústria – Tecnologias de Informação e Comunicação da Frost & Sullivan afirmou:

“Com o seu foco na IA, análise de voz e previsão da mesma e o uso de tecnologias avançadas para impermeabilizar o futuro das suas soluções, a Webhelp é capaz de competir eficazmente, mantendo um ecossistema aberto de parceiros com uma mistura diversificada de parceiros progressistas para estimular ainda mais a inovação”.

O programa CX dedicado à start-up da Webhelp, o Nest by Webhelp, e o forte foco do grupo na capacitação da tecnologia contribuem fortemente para impulsionar a inovação para todas as fases do desenvolvimento de um cliente.

O rápido crescimento do grupo, reconhecido concorrente à liderança no Radar, impulsionando a Webhelp para a posição de líder de mercado da CX Outsourcing Services europeia, e uma posição global proeminente, tem sido estimulado pelo crescimento orgânico e aquisições estratégicas. Atualmente, o portfólio de serviços da Webhelp abrange não só os serviços de Experiência do Cliente, mas uma vasta gama de capacidades adicionais, tais como RegTech, digitalização, IA e consultoria. A sua notável cultura empreendedora tem estado no centro do sucesso e visão do grupo para tornar os negócios mais humanos, através dos meios certos para os seus clientes.

Olivier Duha, cofundador e CEO da Webhelp disse:

“Como uma empresa orientada para o propósito, estamos entusiasmados por receber a honra desta posição de liderança no 2020 Frost Radar™. As nossas equipas de pessoas apaixonadas estão constantemente à procura de formas de fazer as coisas melhor, para os nossos parceiros, os seus clientes e a nossa empresa. Mudar as regras do jogo é uma parte central do nosso ADN, como reconhecido pelo nosso forte desempenho no índice de inovação. Ao garantir que as melhores tecnologias e inovações permitem que as nossas pessoas façam a diferença, estamos constantemente a avançar na nossa busca de criar experiências humanas incríveis.”

O Radar baseia-se nas propostas de valor centrais do Crescimento, Inovação e Liderança. A análise robusta audita mais de 1000 fornecedores em 10 critérios-chave, tais como escalabilidade de inovação, alinhamento de clientes, visão e estratégia. Cada empresa é então avaliada em eficácia através destes temas para determinar o quão bem estão posicionadas para impulsionar o crescimento no futuro.